Noticia publicada pela P3 _ Pedro Sena Nunes convidado a apresentar "Hope" na London Art Fair















Segue o link da divulgação da exibição do filme HOPE do realizador Pedro Sena Nunes, na 25ª Edição da London Arte Fair, publicada pela P3.

"Até domingo, o realizador português terá o seu filme-instalação na feira de arte londrina".


Link: http://p3.publico.pt/cultura/filmes/6263/pedro-sena-nunes-convidado-apresentar-quothopequot-na-london-art-fair




Pedro Sena Nunes em pós-produção do Documentário Enraizar




Enraizar é a segunda parte de um processo de trabalho que começou com Germinar (em 2011) e que visa o reforço comunicacional da díade e um grande envolvimento dos Pais. A apresentação final surgirá no seguimento de um processo em que os Pais - os primeiros Mestres - serão simultaneamente incentivados a fazer “ninho” e a alargar o “colo da cultura” que têm para oferecer aos seus filhos.

O projecto Opus Tutti resulta de uma parceria entre a Companhia de Música Teatral e o Laboratório de Música e Comunicação na Infância e tem o financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian.

No final de Janeiro (em data a avançar oportunamente) vai ter lugar a próxima apresentação pública do Projecto


+ info: http://opustutti.blogspot.pt/

Projecto 10 x 10 do Programa de Educação para a Cultura e Ciência da Fundação Gulbenkian





A convite da Fundação Calouste Gulbenkian, Pedro Sena Nunes (com o apoio da Vo’Arte) está a participar num projecto piloto que teve inicio em Julho de 2012 com uma residência na Fundação dedicada à reflexão e troca de experiências entre professores e artistas.

Este projecto promove a colaboração entre professores do ensino secundário e artistas de várias disciplinas para desenvolver estratégias eficazes na captação da atenção, motivação e envolvimento dos alunos em contexto de sala de aula. A dupla António Martins (professor de filosofia) e Pedro Sena Nunes (artista/realizador) promove a reflexão sobre a utilidade da filosofia junto de alunos.

O resultado deste processo de trabalho será apresentado publicamente na Fundação Calouste Gulbenkian e nas Escolas envolvidas entre 17 a 20 Janeiro através da realização de aulas públicas de diferentes formatos.


+ info: descobrirblog.gulbenkian.pt

O filme HOPE de Pedro Sena Nunes está presente na 25ª edição da London Art Fair



A London Art Fair é um evento que reúne cerca de 100 das mais importantes galerias de arte do Reino Unido e do estrangeiro. Desde arte moderna britânica exposta em Museus ao trabalho contemporânea dos principais artistas, a London Art Fair abrange desde o início do século XX até aos dias de hoje e dá a oportunidade de apreciar o trabalho excepcional de mais de 1.000 artistas num único local, no Business Design Centre em Islington, N1 de 16 a 20 de Janeiro 2013.

A instalação vídeo HOPE de Pedro Sena Nunes vai ser exibida na Hanmigallery, no Stand P9 juntamente com o trabalho dos artistas Alexis Milne, Sejin Kim, Shin Kiwoun e Sangjin Kim.

HOPE




O encontro animal entre homem e mulher concebe a prisão aquática do desejo. A mulher entrega-se a uma existência subtil, graciosa. A fusão com aquilo que a natureza em si desperta fá-la desdobrar-se em novos mundos, mundos de fome, sobrevivência, lassidão; sublime realidade. Gera-se uma nova vida; move-se, respira, subsiste num lugar de ecos embrionários. O acordar do toque na matéria densa fá-la-á por fim confrontar-se com a sua própria efemeridade e o poder destrutivo da criação. O Homem a aparecer e a desaparecer.

Realização e Argumento PEDRO SENA NUNES

Texto RUI PAIVA

Interpretação ANA RITA BARATA

Câmara VASCO PINHOL

Som PEDRO SENA NUNES

Música VASCO PINHOL

Edição PETAR TOSKOVIC

Design Gráfico IGOR BRANCO

Produção SARA VIZINHO PEDRO SENA NUNES

Produção Geral ASSOCIAÇÃO VO’ARTE


2010 | 10’ | 16:9 | cor | som stereo




+ info: www.londonartfair.co.uk
www.hanmigallery.co.uk

Pedro Sena Nunes e Ana Rita Barata foram Júris da sessão de competição de vídeo-dança do FIVER – I Festival Internacional de videodanza experimental – De La Rioja (Espanha)

«A criação de vídeo e vídeo-dança estão a espalhar-se muito rapidamente por todo o mundo, tomando as expressões mais recentes da dança e vídeo para todos os cantos do planeta. 

O Festival FIVER acredita na possibilidade de dar forma a um festival anual que reúne as obras de criadores nacionais e internacionais, apoiando-os e dando-lhes a possibilidade de apresentar e divulgar o seu trabalho no ano seguinte. Desta forma, incentivamos, incitamos e apostamos em artistas de vídeo, coreógrafos e bailarinos locais para fazerem novos relacionamentos criativos.»
(Samuel Retortillo e Roberto Martinez – Direcção Artística)


No dia 3 Janeiro às 18h e às 22h, numa Parceria com o Festival InShadow, foram exibidos os filmes vencedores da edição de 2012.

Além da extensão do InShadow foram também exibidos os filmes do Festival Magnética (Buenos Aires – Argentina)

+ info: http://festivalfiver.com/